sexta-feira, 15 de julho de 2011

linhas...

 ...e borrões passam por ali
ai abrimos os olhos e corremos sem sentir
sem saber, sem perguntar
sem um ponto pra chegar



admirando a paisagem eu vou
vendo o rebanho parado

comendo capim...

...e eu que não sou bobo...


...me alimento da luz e do vento que bate em mim.

Arujaaa
 com os amigos Truff e Anjo

come tua comida...
 ...e fica sentado vendo o mundo passar... olha mais atento e me vê comendo o fogo e o ar...

...fica no teu canto

ouve os belos cantos

se cubra com o manto que te dei

chora pra romper todas as leis

fica em paz rapaz

fica em paz

hoje...
... é dia de:

dar risada de você

abraçar o mundo e ver

que tudo há de perecer

e teus olhos sem perceber

que teu chão não esta mais lá

mudaram ele de lugar

taparam a boca do mudinho

pra ele não te contar

o que todo mundo sentiu

o mundo a tua volta mudou

só você ficou pra traz e não viu