quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Pelo rio...

 ...ela vai...


...feliz...



...a cantar...

...Encontra uma pedra...
 ... e a admira como a todas as coisas que existem e as que não existem também...

...fica horas apenas olhando pras folhas que caem das árvores...

...e...
...chega a conclusão mais simples que simplesmente ela faz parta do todo...